TÚNEL DO TEMPO - 1980

Túnel do Tempo - 1980

Imagem dos anos 80

Os anos 1980 no Brasil foram marcados por um período de mudanças significativas na sociedade, como o início do processo de abertura política pós-ditadura. É fato que, com o novo modelo político e a redemocratização em meados da década, a população começou a participar mais nas diversas decisões governamentais e contribuir com o rumo do país. Com a promulgação da Constituição de 1988, a democracia foi reestabelecida e os direitos fundamentais de diversas camadas da sociedade puderam ser garantidos de maneira efetiva. Foi nesse contexto que surgiram diferentes formas de organizações sociais, como sindicatos, novos partidos políticos e associações comunitárias.

Não somente nos âmbitos político e social, a nova realidade brasileira refletiu também nos eventos que aconteciam na época, como shows, feiras e apresentações artísticas. No Anhembi, a década de 1980 foi um momento importante para a MPB, com diversos clássicos que contribuíram para a identidade nacional do país.

Fervor Artístico e Cultural

O especial de fim de ano da TV Globo contou com a presença do cantor Roberto Carlos no dia 23 de dezembro de 1980. O show iniciou com a Declaração dos Direitos das Pessoas Deficientes e foi gravado no Palácio das Convenções do Anhembi.

Em 1981, o "Show Trem Azul", de Elis Regina, ficou para a história, pois foi um dos últimos shows em vida de uma das maiores cantoras brasileiras de todos os tempos. No ano de 1983, ocorreu a apresentação do cantor Milton Nascimento, em meio ao movimento das "Diretas Já", que reivindicava a abertura política do país.

O ano de 1984 contou com o Festival Bete Balanço no Grande Auditório do Palácio das Convenções do Anhembi, com apresentações ao vivo dos grupos musicais que fizeram a trilha sonora do filme "Bete Balanço", como: Barão Vermelho, Titãs, Lobão & Os Ronaldos, entre outros.

Em 1985 um show em homenagem ao grande escritor brasileiro Jorge Amado levou Dorival Caymmi, Caetano Veloso, Walter Queiroz e Orquestra Sinfônica de Campinas ao Anhembi.

Um dos maiores shows da década, em comemoração aos 20 anos da carreira artística de Gilberto Gil, aconteceu em 1985 no Palácio das Convenções do Anhembi, e contou com a participação dos maiores nomes do MPB e do rock nacional da época: Chico Buarque, Jorge Mautner, Marina Lima, Ângela Ro Ro, Ritchie, Arrigo Barnabé, Caetano Veloso, Gal Costa, Maria Bethânia, Elba Ramalho, Roberto Carlos, Titãs, Paralamas do Sucesso, Barão Vermelho, Pepeu Gomes, Erasmo Carlos e o mutante Sérgio Dias, entre outros, que se apresentaram em conjunto com o anfitrião.

Imagem dos artistas em SP
Imagem do Show realizado em SP

Fotos: Jesuíno/Divulgação | SPTuris

Imagem do fervor Artístico e Cultural

Diversão e Entretenimento

Em 1980 o Anhembi recebeu ainda o Circo Vostok, que apresentou diversas atrações durante o período que ficou montado no Anhembi. O circo atraiu cerca de 800 mil espectadores e a plateia ficou maravilhada com o globo da morte com quatro motocicletas, orquestra de chimpanzés e os palhaços, o grande mágico chinês Fu-Li-Chang, além dos trapezistas voadores e de outras atrações.

A artista plástica Tomie Ohtake apresentou a logomarca do Carnaval paulistano de 1986 e a decoração da Avenida Tiradentes, onde eram realizados os desfiles das escolas de samba antes da construção do Polo Cultural e Esportivo Grande Otelo, o Sambódromo, finalizado no início da década seguinte.

Em 29 de julho de 1985, foi inaugurado o Auditório Elis Regina, em homenagem à artista que realizou diversas apresentações no Anhembi. Com 800 lugares, o auditório foi construído para a realização de congressos, espetáculos, peças de teatro, seminários e conferências. O espetáculo inaugural foi o show "Destino Aventureiro", de Ney Matogrosso.

Durante toda a década de 1980 ocorreram edições do concurso Miss Brasil, no Palácio das Convenções do Anhembi, onde a mulher considerada mais bela para a época representava a beleza nacional. O ano de 1986 foi marcante na história do Miss Brasil, pois pela primeira vez uma mulher negra foi a vencedora do concurso, Deise Nunes, do Rio Grande do Sul.

Imagem da apresentação da Logomarca do Carnaval Paulista
Imagem do circo Vostok

Fotos: Jesuíno/Divulgação | SPTuris.

Feiras e Exposições

Em 1980, aconteceu a 1ª Feira Nacional de Artesanato e Comidas Típicas, que reuniu diversos estados brasileiros, órgãos públicos e consulados. Cerca de 350 mil pessoas visitaram a feira durante cinco dias e puderam assistir grupos folclóricos, degustar comidas típicas e comprar artesanatos.

Para os amantes de animais, no ano de 1983 a Feira Cães e Companhia encantou muitos visitantes. Cerca de 40 mil pessoas estiveram no Pavilhão de Exposições do Anhembi em dez dias de evento de duração, e puderam ter contato com quase 50 raças de cães, além de comprar produtos destinados aos bichos de estimação.

No ano seguinte, a Feira Internacional da Moda em Calçados e Acessórios (Francal), chegou à capital paulista. Devido ao crescimento e sucesso da feira tradicionalmente realizado na cidade de Franca, no interior de São Paulo, o evento mudou-se para o Anhembi. A Francal atua no setor da moda desde 1969 e realiza feiras que reúnem diversos expositores e visitantes. Muitas dessas edições ocorrem no Pavilhão de Exposições do Anhembi.

Em 1985, o Pavilhão de Exposições do Anhembi recebeu a Expo Brasil Portugal, com representantes de entidades e personalidades do mundo luso-brasileiro, assim como a "Feira do Artesanato nas Comunidades Paulistas", que reuniu artesãos e produtores dos municípios do Estado de São Paulo. Nesse mesmo ano também foi realizado no congresso Cidades do Futuro, com discussões de vanguarda sobre os rumos da urbanização no Brasil.

Imagem da feira Nacional de Artesanato e Comidas Típicas

Fotos: Jesuíno